quarta-feira, fevereiro 05, 2014

Ontem não conseguia dormir pensando no tipo de pessoa que me tornei. Sinceramente? Não gostei da análise que fiz. Como é difícil olhar pra si e perceber alguém de quem não se gosta. Como posso reclamar de solidão se eu mesma causo este tipo de problema? Não, não reclamo da solidão total, mas desta solidão que vem da carência de ser amada, de despertar no outro mais do que tesão... apenas amor. Acho que tenho repelido o amor. Assim como não tenho feito questão de ser querida por pessoas que convivem comigo no dia-a-dia. E como mudar isto? É doído também, afinal é um processo de mudança. Preciso de ajuda...

1 Comentários:

José Wilson Carvalho de Mesquita disse...

Na verdade já foi um bom começo, né?